A Homeopatia e a espera por um milagre

Lembro que em certa ocasião eu estava sentada na sala dos meus pais, conversando com a minha mãe sobre diversos assuntos. Antes, é importante que vocês saibam que minha mãe foi uma das minhas grandes cobaias durantes a especialização em homeopatia. Tomava tudo de olho fechado o que eu recomendava, e toma até hoje. Enfim, voltando à sala. Começamos a falar de homeopatia, e meu pai que estava ao lado escutando, reclamou que eu nunca tinha dado homeopatia para ele tomar. Não dou mesmo. Se ele não me pediu , eu não dou. Minha mãe sempre pediu. Se ele não pediu em nenhuma ocasião, eu não vou nem sugerir em qualquer ocasião que seja. No começo do meu curso eu saía oferecendo homeopatia para todo mundo. Consulta de graça para quem quiser. Levava os casos aos meus professores, porém poucas eram aquelas pessoas que entediam que 1) Homeopatia não faz milagre 2) A cura começa em querer se curar. Quantas eu vezes eu não ouvi: ai, vc não tem uma fórmula para emagrecer? Para enxaqueca? Para desinchar? Minha resposta: “vamos marcar uma conversa, daí vemos o que é melhor pra vc. Só me falar quando você pode”.
E a tal conversa nunca rolava porque a pessoa nunca marcava… É importante a noção de que homeopatia é um tratamento. Ela é sim capaz de resolver questões mais agudas de forma mais rápida, mas neste caso age-se muito mais de forma alopática do que homeopática, pois foca-se no sintoma e não na sua origem e todo um quadro de comportamento, sentimentos e outros sintomas aparentemente menores que o acompanham. Gente: se alguém está com suspeita de infarte, se alguém é atropelado ou picado por um escorpião, manda para o pronto socorro. Se tiver homeopatia que sirva, dá no caminho ao pronto socorro. A homeopatia nunca teve a pretensão de substituir a medicina tradicional em sua totalidade, e sim de entrar naqueles casos onde a medicina tradicional não resolve ou, se resolve, é a custas de efeitos colaterais pesados de remédios que podem ter que ser tomados o resto da vida. O pai da homeopatia, Hahnemann, era médico. E concebeu a Homeopatia a partir da observação de que havia muitos casos nos quais a medicina tradicional não dava conta de resolver. Bom , tudo isso para dizer que a o tratamento homeopático é um processo onde podem ser necessários ajustes ao longo do caminho. Não adianta entregar anos de maus hábitos, de desleixo com a própria saúde e abuso de remédios na mão de um homeopata e esperar que ele vá fazer milagre em um mês. Tudo isso eu explico para aqueles que passam por mim para tratamento. É um processo onde vamos caminhar juntos. Você me pedir um tratamento já um sinal que você está aberto ao processo de alguma forma. Pode ser que no meio do caminho, você desista. Mas o start tem que ser seu, e não meu. Não sou eu que ofereço, é você que identifica sua necessidade e a coloca para mim. Há um reconhecimento inconsciente da necessidade de buscar ajuda e o primeiro pontapé no sentido da cura ou no mínimo da melhora. Então, não espera que os outros ofereçam ajuda. Só peça, faça a sua parte.

Auf Wiedersehen 😉

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s